Prazo para tirar o título de eleitor termina dia 04 de maio e Sindicatos auxiliam jovens no Ceará

142

Termina na próxima quarta-feira, 04 de maio, o prazo para a retirada de título de eleitor para as pessoas que desejam votar nas eleições de 2022. Jovens de 16 e 17 anos, no dia da eleição (2 de outubro), formam o principal público das campanhas para a retirada do documento, pois o voto não é obrigatório. A secretária de Jovens da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), Milena Camelo, destaca que mesmo não sendo obrigatório, a juventude precisa ser ouvida, e por isso, a Fetraece e os sindicatos realizam campanha de conscientização, sendo que muitos sindicatos têm auxiliado diretamente na retirada dos títulos.

 

“A Federação em nossos sindicatos têm buscado conscientizar aos jovens que nossa participação, nas eleições de 2022, é imprescindível. Sendo assim, além de divulgar importância, alguns sindicatos têm auxiliado diretamente a juventude na retirada dos títulos, como por exemplo: Paramoti, Crato, Potengi, Tianguá, Ubajara, Crateús e Dep. Irapuan Pinheiro. Juventude, não vacile, tire o título e tome as rédeas do seu destino. A hora é agora!”, destaca a secretária de Jovens da Fetraece, Milena Camelo.

 

Confira tutorial:

 

Para fazer o alistamento eleitoral pela primeira vez, basta acessar o sistema TítuloNet, selecionar a opção “não tenho” na guia “Título de eleitor” e preencher todos os campos indicados com os dados pessoais, como nome completo, e-mail, número do RG e local de nascimento.

 

O sistema vai pedir o envio de pelo menos quatro fotografias para comprovar a identidade do eleitor ou eleitora. A primeira delas é uma fotografia (selfie) segurando um documento oficial de identificação. As outras duas são da própria documentação (frente e verso) usada pela pessoa para se identificar na primeira foto. Já a quarta é a foto de um comprovante de residência.

 

Os homens com idade entre 18 e 45 anos também devem encaminhar o comprovante de quitação com o serviço militar. Mas atenção: as imagens devem estar totalmente legíveis, pois, se não estiverem, a solicitação pode ser negada pela Justiça Eleitoral.

 

Acompanhamento da solicitação

 

Após o cadastro, é possível acompanhar a tramitação do pedido também pela internet. Para isso, basta acessar a guia “Acompanhar Requerimento” e informar o número do protocolo gerado durante a primeira etapa do atendimento.

 

e-Título

 

Processadas as informações, se não houver qualquer pendência, basta fazer o download gratuito do aplicativo e-Título no telefone celular ou tablet de qualquer plataforma (Android e iOS) e, a partir daí, utilizar a versão digital do documento, dispensando o título em papel.

 

Penalidades para quem não tira o título

 

As cidadãs e os cidadãos acima dos 18 anos que não tiram o título eleitoral estão sujeitos a uma série de restrições e impedimentos legais.

 

Isso porque manter o título regularizado é pré-requisito para outras ações como obter passaporte ou carteira de identidade; receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal; participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias; e se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública.

 

Confira passo a passo em vídeo:

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Fetraece e TSE
Imagens: Atendimento nos sindicatos de Tianguá, Crato e Potengi

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here