Quem Somos

A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (FETRAECE) é uma instituição de representação sindical de 2º grau. Com sede em Fortaleza, a FETRAECE é composta por uma Direção Ampliada, que compreende a Presidência, Vice-presidência, oito Secretarias e sete Regionais (Cariri, Crateús/Inhamuns, Centro Sul/Vale do Salgado, Vale do Curu/Baixo Acaraú, Grande Fortaleza, Norte e Vale do Jaguaribe), tudo para melhor atender os 183 sindicatos filiados e os agricultores e agricultoras familiares.

Histórico

A Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais na Agricultura no Estado do Ceará foi fundada em 19 de setembro de 1963, quando a Federação das Associações dos Lavradores e Trabalhadores na Agricultura do Estado do Ceará (FALTAC) e os sindicatos rurais existentes realizaram assembleias para a criação de três federações que seriam responsáveis por representar os agricultores/as e os sindicatos existentes.

Surgia então a Federação dos Trabalhadores na Lavoura do Estado do Ceará (sede em Assaré), presidida por Jesus Batista de Oliveira; Federação dos Trabalhadores Autônomos Rurais do Estado do Ceará (sede em Iguatu), presidida por Vicente Pompeu; e a Federação dos Pequenos Proprietários e Posseiros do Estado do Ceará (sede em Caridade), presidida por Vitorino de Sousa.

Golpe Militar

Em 1964, o Brasil sofre o Golpe Militar e a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG) sofre intervenção, sendo nomeado para o cargo de presidente interventor, José Rotta. No Ceará, a Federação dos Trabalhadores Autônomos Rurais na Agricultura do Estado do Ceará também sofreu intervenção militar e o presidente Vicente Pompeu foi destituído do cargo e substituído por José Rodrigues de Araújo (presidente interventor).

O Governo Militar determinou a existência de apenas um sindicato de trabalhadores rurais por município e uma federação por estado. Neste contexto, as três federações foram unificadas em 8 de julho de 1969. A entidade única foi nomeada de Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Ceará (Fetraece). Em 2014 passou por mudança estatutária e o nome se tornou Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará, mantendo a abreviação de FETRAECE.

Mesmo com o Regime Militar, o movimento sindical cresceu e buscava a melhoria para a agricultura e os trabalhadores.

Atualmente a FETRAECE conta com 183 sindicatos municipais filiados, a exceção é Fortaleza, que em virtude da expansão urbana não conta mais com número significativo de agricultores/as familiares. Os remanescentes são atendidos diretamente pela Federação.

Presidentes da FETRAECE:

  1. Vicente Pompeu de Souza (1963-1964)
  2. José Rodrigues de Araújo (1964-1967 – Presidente Interventor)
  3. Otávio Ferreira Gomes (1967-1970)
  4. Levi Baltazar (1970-1973)
  5. Joaquim Daniel (1973 – 1ª Junta Interventora)
  6. José Laurindo dos Santos (1974 – 2ª Junta Interventora)
  7. João de Sales Pinheiro (1974-1977)
  8. João Felismino (1977-1980)
  9. Eurico Francisco de Souza (1980-1983)
  10. Eurico Francisco de Souza (1983-1986)
  11. José Amadeu de Araújo ( 1986-1989)
  12. Antônio Ulda Urbano (1990-1992)
  13. Francisco Miguel de Lucena (1992-1995)
  14. Antônio Soares Guimarães (1995-1998)
  15. Francisco Miguel de Lucena (1998-2001)
  16. Antônio Soares Guimarães (2001-2005)
  17. Moisés Braz Ricardo (2006-2009)
  18. Moisés Braz Ricardo (2010-2013)
  19. Luiz Carlos Ribeiro de Lima (2014-2017)
  20. Raimundo Martins Pereira (Atualmente)

Localização

A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (FETRAECE) tem sede na Avenida Visconde do Rio Branco, Nº 2198, CEP 60055-171, no bairro Joaquim Távora, Fortaleza-CE.

Estrutura

A FETRAECE dispõe de ampla estrutura física e de pessoal para atender as demandas dos trabalhadores rurais, agricultores e agricultoras familiares. A entidade conta com uma sede própria em Fortaleza e outras sete subsedes regionais.

Clique aqui e faça o download do livro O Pulsar da Vida no Campo: Fetraece 50 anos. O livro que conta a história da Fetraece e do movimento sindical rural no Ceará foi uma co-produção da Fetraece com a Universidade Federal do Ceará (UFC).