Tem início o 1º Festival da Juventude Rural Conectada

7



 


Com muita animação e participação virtual, teve início o 1º Festival Juventude Rural Conectada – Construindo um mundo novo, nesta quinta-feira (06). A ação realizada pela CONTAG, Federações e Sindicatos filiados, acontece até sábado (08), a partir das 17h30, no Portal e Redes Sociais da CONTAG.


 


“É com muita alegria que iniciamos o nosso 1º Festival Juventude Rural Conectada “Construindo um mundo novo”! Realizado num momento tão desafiador que estamos passando por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus, mas que ao mesmo tempo nos desafia a promovermos diálogos de forma virtual sobre temas tão importantes para a nossa juventude rural e para todos(as) do campo que estão conectados(as) conosco. Agradeço a Comissão Nacional de Jovens, a Diretoria e funcionários da CONTAG, das Federações e Sindicatos filiados, e a toda juventude rural brasileira pela presença de vocês e pela construção deste momento histórico do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR)”, disse, emocionada na abertura do Festival, a secretária de Jovens da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG), Mônica Bufon.


 


A abertura política do Festival também contou com saudações ao vivo da secretária de Mulheres da Confederação, Mazé Morais e do presidente da CONTAG, Aristides Santos. “Quero deixar meu abraço virtual, carregado de muita força, coragem e perseverança para que a gente possa enfrentar todos os medos provocados pela pandemia ou por conta da atual conjuntura política que atravessa o Brasil. É preciso que nesse momento de crises sanitária e política, a gente se proteja, cuide da nossa família, em especial dos(as) mais velhos(as), e mantenhamos o foco nas eleições, para fazermos mudanças que tragam desenvolvimento ao meio rural. E a juventude rural tem um papel importante nesse momento, pois a juventude é o presente e o futuro da agricultura familiar, dos nossos Sindicatos e dos nossos partidos políticos. Viva a Juventude! Tragam para nós, novas ideias, inovação e renovação na organização sindical e na política partidária brasileira. Um grande abraço e um grande 1º Festival Juventude Rural Conectada!”, destacou o presidente da CONTAG, Aristides Santos.


 


No primeiro dia do Festival Juventude Rural Conectada “Construindo um mundo novo”, foram realizadas duas mesas de diálogo. A primeira foi sobre a participação política da juventude e a outra tratou dos impactos das notícias falsas.


 


1ª Mesa de diálogo “Eleições de 2020 e os caminhos de superação dos impactos políticos, sociais e econômicos da pandemia para a juventude rural”


 


Com o tema: “Eleições de 2020 e os caminhos de superação dos impactos políticos, sociais e econômicos da pandemia para a juventude rural”, a 1ª Mesa de diálogo teve as contribuições da secretária de Jovens da CONTAG, Mônica Bufon, da secretária de Políticas Sociais da CONTAG, Edjane Rodrigues, do secretário de Jovens da FETAEP, Alexandre Leal, e dos deputados Federais orgânicos do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), Carlos Veras (PT-PE) e Vilson da FETAEMG (PSB-MG).


 


“Enquanto temos a ausência do governo federal e de um plano nacional no enfrentamento a Covid-19, os estados e municípios estão se virando para poder construir os seus planos e ações de enfrentamento a esse vírus que já matou quase cem mil pessoas no nosso país. Se tivéssemos um plano nacional e um compromisso do governo federal com a população, já teríamos evitado muitas mortes. Por isso, é importante a participação da juventude da política, pois só elegendo vereadores(as), vice-prefeitos(as) e prefeitos(as) que tenham compromisso com a causa dos trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade, é que nós transformaremos a vida das pessoas”, pontuou o deputados federal Carlos Veras (PT-PE).


 


O deputado Vilson da FETAEMG (PSB-MG) iniciou sua fala parabenizando a todos e todas do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) que colocaram seus nomes à disposição para disputar as próximas eleições municipais. E complementou. “É importante discutirmos a formação política das nossas lideranças, pois para a gente ter um Congresso Nacional mais forte, combativo e representativo, temos que ter uma base nos municípios e estados mais forte. Não adianta a gente só falar ou criticar. Precisamos ocupar os espaços de representação política em todo o Brasil”, alertou o parlamentar.


 


Os parlamentares, a secretária de Políticas Sociais da CONTAG, Edjane Rodrigues e o secretário de Jovens da FETAEP, Alexandre Leal, também destacaram em suas falas, a aprovação do PL 735 da Agricultura Familiar no Senado e Câmara, o lamentável veto presidencial do auxílio emergencial aos trabalhadores(as) que não estão no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e a necessidade de se garantir com urgência o acesso à internet na zona rural. E também a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), da Educação do Campo e a participação efetiva da juventude rural no Sistema CONTAG e na política.


 


2ª mesa de diálogo “Os impactos das notícias falsas para a democracia brasileira”


 


Na 2ª mesa de diálogo, o tema foi “Os impactos das notícias falsas para a democracia brasileira”, com a secretária de Jovens da CONTAG, Mônica Bufon, a secretária de Jovens da FETRAECE, Milena Camelo e o secretário-executivo da ONG Repórter Brasil, Marcel Gomes.


 


 


 


“As Fake News (Notícias Falsas) são ameaças à democracia, pois muitas pessoas são enganadas com notícias que são contadas na forma de jornalismo, como peças de reportagem que estão dentro de um site que vive a base de mentiras. Precisamos checar as fontes, consultar sites sérios como os da CONTAG e da Repórter Brasil, e só a partir dessa consulta, devemos compartilhar as informações”, alertou o secretário-executivo da ONG Repórter Brasil, Marcel Gomes.


 


No primeiro dia do 1º Festival Juventude Rural Conectada “Construindo um mundo novo” também foram compartilhadas várias experiências produtivas, culturais e de superação de jovens rurais. E ainda contou com saudações do presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores (as) Assalariados (as) Rurais (CONTAR), Gabriel Bezerra, e do vice-presidente e secretário de Relações Internacionais da CONTAG e presidente da Coprofam, Alberto Broch.


 


Depois de duas mesas políticas, foi hora de aproveitar a Noite Cultural com música ao vivo e muitos vídeos produzidos pela juventude rural.


 


NESTA SEXTA-FEIRA (07) E NO SÁBADO TEM MAIS!


 


Nesta sexta-feira (07), 2º dia do 1º Festival Juventude Rural Conectada “Construindo um mundo novo”, a 1ª mesa de diálogo trará “A importância da representação política da juventude LGBTQIA+”, e a 2ª Mesa de diálogo debaterá sobre “Os desafios do racismo e a juventude rural negra”. No sábado, os debates serão sobre “Juventude rural: os desafios da prática da comercialização na pandemia” e “Um mundo novo com agroecologia”. Nos dois dias, a partir das 20h, será hora de aproveitar mais manifestações culturais envidas pelas juventudes dos estados. Até lá!


 


 


 


FONTE: Comunicação CONTAG – Barack Fernandes


FOTO: Comunicação CONTAG – Verônica Tozzi