Sindicatos dos agricultores/as familiares do Ceará iniciam mobilização da Marcha das Margaridas 2015

16


Os sindicatos dos trabalhadores rurais agricultores e agricultoras familiares cearenses iniciaram na última semana o lançamento da Marcha das Margaridas 2015. Em diversos municípios já ocorreram eventos que simbolizam uma das principais lutas da classe trabalhadora rural familiar, o direito das mulheres, como Apuiarés (Regional de Itapipoca), Quixadá (Sertão Central) e Russas (Vale Jaguaribe). No decorrer desde mês de novembro até março (quando será comemorado o Março Lilás), todos os sindicatos devem iniciar os trabalhos direcionados para a Marcha.


Lançada nacionalmente em Luziânia/GO no dia 11 de novembro durante o 4º Encontro Nacional de Formação (Enafor), a Marcha das Margaridas é a principal ação de massa das mulheres trabalhadoras rurais da América Latina. O fechamento da mobilização ocorrerá em Brasília, nos dias 11 e 12 de agosto de 2015.


Esta será a 5ª edição da ação que tem conquistado no decorrer dos anos diversos benefícios e direitos para as mulheres rurais, como o Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural e as unidades móveis de enfrentamento a violência.


Entre as bandeiras constantes de lutas das guerreiras do movimento sindical rural estão: fim da violência contra a mulher, educação não sexista, paridade, democracia, reforma política e agroecologia.


Nesta campanha de 2015 será trabalhado o tema Margaridas Seguem em Marcha por Desenvolvimento Sustentável com Democracia, Justiça, Autonomia, Igualdade e Liberdade.


 


 


Assessoria de Comunicação da Fetraece – Jornalista Janes P. Souza