Representantes do movimento sindical rural cearense participaram da 4ª Plenária da Contag

6


A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) realizou entre os dias 11 e 13 de novembro, em Brasília-DF, a 4ª Plenária Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais. O evento contou com a participação de 500 representantes da categoria. Do Ceará foram 22, entre eles, todos(as) os(as) diretores(as) da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece).


 


Confira matéria publicada pela Contag:


 


Depois de três dias intensos de debates, reflexões e contribuições de cerca de 500 delegados e delegadas para o fortalecimento da luta da CONTAG, Federações e Sindicatos filiados, encerrou nesta ultima sexta-feira em Brasília-DF, a 4ª Plenária Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais.


Segundo o presidente da CONTAG, Alberto Ercílio Broch, os resultados colhidos após as discussões feitas durante a 4ª PNTTR são altamente positivos em todos os seus aspectos: na organização e principalmente na participação dos delegados e delegadas.


“Com a sistematização de todo o debate feito nos grupos, conseguimos extrair o  resultado de todo esse grande movimento da Plenária, o que  nos mostra claramente por onde devemos seguir, os principais pontos referentes ao aperfeiçoamento de todas as diretrizes que compõem o sindicalismo, assim como a questão das ações de massa, do Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PDRSS), com destaque para a reforma agrária,  fortalecimento da agricultura familiar,  as políticas públicas de desenvolvimento,  participação nas eleições  das prefeituras, dos estados, presidência da república,das Assembleias Legislativas, da Câmara Federal, Senado, entre outros espaços que devem ter a voz dos povos do campo, da floresta e das águas” .


 A 4ª Plenária se definiu como um lugar de apresentação de propostas corporativas para classe trabalhadora, mas  sobretudo para o país.


“Agora seguiremos com a tarefa de continuarmos mobilizados e articulados, para que possamos efetivar o que foi proposto nos encaminhamentos da 4ª PNTTR, para  assim fazermos um grande trabalho junto a nossa base de atuação, fortalecendo ainda mais a representação do MSTTR em todo o Brasil”, destacou a secretária Geral da CONTAG, Dorenice Flor da Cruz.


 


Nosso caminho…


 


Vale ressaltar que todos os  encaminhamentos são resultados do debate político intenso nos 7 grupos, em alguns casos sendo consenso,  em outros com divergência das ideias, o  que fortalece ainda mais a construção do 12º Congresso da CONTAG.


Um caminho que não se resume em três dias, mas que teve início há mais de 6 meses com a realização das  Plenárias Estaduais, retirada de delegados e delegadas e todo um trabalho de mobilização e articulação do sistema CONTAG.


Durante a 4ª Plenária Foram vários momentos que marcaram a construção dos rumos para o MSTTR,  como: análise de conjuntura política com o jornalista,  Paulo Moreira e a secretária de Mulheres da CONTAG, Alessandra Lunas, Balanço das Ações da gestão da Confederação, leitura de notas de apoio ao povo mineiro e capixaba, vítimas do mar de lama de rejeitos da empresa Samarco S.A e ao advogado José Batista, ameaçado de morte no sul do Pará,  Lançamento do livro 4º ENAFOR “Um conto que encanta”, Apresentação da Ação Anulatória do Empréstimo Consignado, Mística, Noite Cultural, entre outras atividades, deste momento de reflexão e proposição da classe trabalhadora rural.