Programa Jovem Saber passa por atualização a partir de escuta da própria juventude trabalhadora rural

7



O último Censo Agropecuário, lançado na semana passada, aponta para a preocupação da diminuição de jovens no meio rural. A Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG) já previa há algum tempo esse “envelhecimento” do campo e, por isso, tem como uma das prioridades de ação a organização da juventude rural brasileira, de mantê-la no meio rural com dignidade, qualidade de vida, oportunidades de trabalho e com renda.


 


Em 2004, a CONTAG criou o Programa Jovem Saber, que é um processo de formação e mobilização da juventude trabalhadora rural para jovens entre 16 e 32 anos, sindicalizados ou não, com o objetivo de fortalecer a organização da juventude rural e sua participação na vida comunitária e na luta sindical.


 


A formação através do Jovem Saber propicia conhecer as bandeiras de luta do movimento sindical, conhecer melhor o município onde vive e as oportunidades que podem existir nele, como agir para tornar a comunidade em que se vive um lugar melhor e conhecer seus direitos e como fazer para que sejam respeitados.


 


A juventude se organiza em grupos, de 6 a 12 jovens em cada, para passar por essa formação com cartilhas impressas e também virtuais. E, ao longo desses 14 anos, o conteúdo foi passando por adaptações. Agora, em 2018, a CONTAG está investindo em um grande processo de atualização do programa, incluindo a sua marca, identidade visual, conteúdo, tecnologia e escutando a própria juventude rural.


 


A formação, nessa nova versão, passará por oito módulos, com novos temas:


 


1.Sujeito, identidades e cidadania


2.O campo como lugar de vida


3.Organização e luta dos trabalhadores e trabalhadoras rurais


4.O Projeto Político do Movimento Sindical da CONTAG para a agricultura familiar


5.Agricultura Familiar


6.Reforma Agrária


7.Sucessão Rural


8.Sustentabilidade Político-Financeira


 


Para finalizar o processo de escuta, fazer um resgate da trajetória do programa e já apresentar algumas mudanças na marca, identidade visual e orientações para os grupos, cerca de 280 jovens de todo o País estão em Brasília para participar do Encontro Nacional do Jovem Saber.


 


A atividade acontece de 01 a 03 de agosto no Centro de Estudo Sindical Rural da CONTAG, em Brasília, e contará com a presença da Diretoria da CONTAG, da Comissão Nacional de Jovens Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, dirigentes das Federações, do diretora técnico do DIEESE, Clemente Ganz Lúcio, das ex-coordenadoras e secretárias de Jovens da CONTAG e de representantes de algumas experiências selecionadas do Jovem Saber.


 


A secretária de Jovens da CONTAG, Mônica Bufon, está com grandes expectativas para a realização do Encontro e, também, com esse processo de atualização do programa. “Em 2004 vivíamos outra conjuntura política, econômica e social no País. Já estava mais do que na hora de atualizarmos o conteúdo com a nova realidade e adequarmos também às novas tecnologias. Será possível acessar o programa pelo celular e contar com apoio de conteúdo audiovisual. Estamos bem animados e espero que o programa empodere e qualifique ainda mais a nossa juventude rural”, destaca.


 


Ceará


 


A juventude rural cearense está representada por uma delegação de nove pessoas, são elas: Milena Camelo (Sec. de Jovens da Fetraece); Erinaldo Lima (Coordenador da Fetraece na Regional Norte); Iris Cruz (Coordenadora da Fetraece na Regional Vale do Curu e Baixo Acaraú); Talita Rabelo (Coordenadora da Fetraece na Regional Vale Jaguaribe); Wangleydson Oliveira (Coordenador da Fetraece na Regional Grande Fortaleza); Joathan Magalhães (Coordenador da Fetraece na Regional do Cariri); Braz Sousa (Coordenador da Fetraece na Regional Crateús/Inhamuns); Joana Almeida (Assessora da Secretaria de Jovens da Fetraece) e Wilton Leite (Sec. de Jovens do Sindicato de Tururu).


 


 


 


FONTE: Assessoria de Comunicação da CONTAG – Verônica Tozzi / com complemento das informações do Ceará pela Secretaria de Juventude da Fetraece


Foto: Luiz Fernandes