Previdência Social e consignados são debatidos na Fetraece

7



A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), através da Secretaria de Políticas Sociais e Terceira Idade realizou na terça-feira, 20, reunião com lideranças dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares para debater entre outros assuntos, sobre o endividamento progressivo de segurados/as previdenciários rurais por empréstimos consignados considerados indevidos e os problemas no INSS mesmo com abertura das agência desde do dia 14 de setembro.


A reunião no formato virtual, contou com a participação de 170 pessoas dos 183 sindicatos existentes, coordenações regionais e Edjane Rodrigues, Secretária de Políticas Sociais da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares – CONTAG.


Foi um momento de escuta de presidentes e secretários/as de políticas sociais dos sindicatos que durante a pandemia têm se esforçados para dar resolutividade as demandas dos agricultores/as.


Entre os relatos foram destaques, o alto número de indeferimentos, os processos represados e a falta de perícias médicas. Sobre os empréstimos consignados, foram relatadas diversas formas e valores de empréstimos, contratados sem a anuência do titular do benefício.


Durante a reunião ainda foram debatidos sobre descontos de benefícios para a CONAFER Brasil e sobre a Plenária Nacional da Terceira Idade e Pessoa Idosa promovida pela CONTAG, que acontecerá em dezembro de 2020.


 


 


Texto: Secretaria de Políticas Sociais e Terceira Idade da Fetraece