Onze representantes do Ceará participam do 2º Módulo da ENFOC Nordeste

6


A Escola Nacional de Formação da Contag (Enfoc) iniciou nesta segunda-feira (24) o 2º módulo da 5ª Turma da Enfoc Nordeste. O evento é realizado em Carpina, Pernambuco, com representantes sindicais de todos os estados nordestinos e segue até o próximo domingo (30). Do Ceará participam onze pessoas, sendo oito mulheres e três homens.


 


Os educandos e educandas do Ceará são: Eli Castro (Apuiarés), Conceição Perulino (Iguatu), Mairton Batista (Milhã), Janes P. Souza (Dep. Irapuan Pinheiro), Jaqueline Pinto (Aratuba), Elizabete Rodrigues (Caucaia), Aline Alves (Itapipoca), Menésia Simião (Várzea Alegre), Ciete Bezerra (Várzea Alegre), Aparecida Soares (Ipaporanga) e Cícero Marinho (Abaiara).


 


Na quinta-feira (27), as secretárias da Federação dos Trabalhadores Rurais agricultores e Agricultoras Familiares do Ceará (Fetraece), Lucilene Batista (Formação, Organização Sindical e Comunicação) e Rosângela Moura (Mulheres) viajaram para Carpina, onde irão contribuir na formação dos mais de cem educandos/as do Nordeste.


 


A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape) é responsável pela colhida do segundo módulo da 5ª Enfoc Nacional. Confira reportagem realizada pela comunicação da Fetape sobre o evento:


 


Pernambuco recebe 2º Módulo da 5ª Turma do Nordeste do Curso Regional de Formação da Contag


 


Dando continuidade ao objetivo de desenvolver a formação político-sindical no Movimento Sindical dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais (MSTTR), orientada pela estratégia de ampliar, fortalecer e consolidar a Rede de Educadores e Educadoras Populares da Enfoc na região, a Contag realiza o 2º Módulo da 5ª Turma do Curso Regional Nordeste de Formação, entre os dias 24 e 30 de agosto, no Centro Social Euclides Nascimento, em Carpina.


 


Durante a semana da atividade, os/as 111 educandos/as de todos os estados do Nordeste farão uma imersão sobre o Eixo Temático “Ação Sindical e Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário – Campo, Sujeito e Identidade”. Entre os temas trabalhados está “História, concepções e acontecimentos marcantes no processo de construção do MSTTR”, com a apresentação de painéis mostrando como os/as trabalhadores/as rurais foram construindo suas bandeiras de luta e sua organização no Brasil e na região. Esse momento contará com o depoimento do sindicalista José Francisco, ex-presidente da Contag.


 


Os/as participantes ainda participarão de oficinas de  frevo, cordel e teatro. Também está programada uma visita pedagógica à Usina Olho D’Água, em Camutanga, localizada no Polo Sindical da Mata Norte, para que os/as educandos/as entrem em contato com a realidade dos/as trabalhadores/as assalariados de uma unidade produtiva na Zona Canavieira.


 


Com isso, a Contag pretende estimular e aprimorar a multiplicação criativa de formação na base, possibilitando o fortalecimento da ação e prática sindical transformadora nos Sindicatos, nas Federações e na Contag.


 


Em um momento em que o nosso estado vem passando por um intenso processo de reorganização sindical, onde a Fetape tem fortalecido o sindicalismo nas categorias de assalariados rurais e agricultores familiares, a Federação demonstra um grande prazer em receber o 2º Módulo desse curso.  “Vivenciar a realidade do trabalho assalariado, na visita pedagógica, e estar com José Francisco, que é memória viva da Academia Sindical de Pernambuco é uma reafirmação da estratégia formativa da nossa Escola, que define como prioridade a BASE, na luta por um sindicalismo orgânico, como nos ensinou Euclides Nascimento, que dá nome ao Centro Social da Fetape, onde será realizada a formação”, destaca Adelson Freitas, diretor de Organização e Formação Sindical da Fetape.


 


ENFOC completa 9 anos


 


Agosto é o mês em que a Escola Nacional de Formação da Contag (Enfoc) foi criada. No último dia 14, ela completou 9 anos. Uma ideia ousada, construída por várias mãos, mentes e corações.


 


Primeiro, se queria construir uma Escola orgânica, formada a partir da história de luta dos movimentos sociais e sindical. Em seguida, lideranças e militantes aceitaram o desafio de se tornarem educadores/as populares, para semear a formação por todos os cantos do país, construindo a grande Rede de Educadores e Educadoras Populares da Enfoc.


 


Hoje, as sementes germinaram, cresceram e deram frutos. Já são cinco turmas formadas do Curso Nacional; 25 turmas dos Cursos Regionais; e 112 turmas dos Cursos Estaduais. Isso representa mais de 5.500 Educadores e Educadoras Populares, além dos muitos Grupos de Estudos Sindicais – GES espalhados pelas Comunidades Rurais de todo o país.


 


Tudo isso porque a Enfoc nunca abandonou os princípios definidos pela Política Nacional de Formação – PNF, fazendo um trabalho orientado pela Educação Popular, na consciência de classe e na utopia de contribuir na construção do Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário – PADRSS.


 


Dessa forma, celebrar nove anos é comemorar uma Escola que vem mudando a vida de pessoas, de grupos e regiões, mas, principalmente transformando a luta do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de todo o país.


 


 


PARABENS PARA a ENFOC! VIVA o MSTTR!