Moção contra golpe e em defesa da democracia

6



 


Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares reunidos na 4ª Plenária Estadual da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), realizada em Beberibe CE, no período de 29 a 31 de março de 2016, expressam e declaram sua indignação contra o golpe orquestrado no País e se colocam em defesa da democracia.


 


Não satisfeitos com o resultado das eleições de 2014, a direita golpista e conservadora do Brasil, aliada ao poder midiático manipulador, vem arquitetando fatos de forma torpe na tentativa de ferir o direito democrático, resultante das eleições de 2014.


 


Os trabalhadores rurais agricultores e agricultoras familiares do Estado do Ceará, reunidos na 4ª Plenária Estadual Zé Pereira, repudiam veementemente todos os atos cometidos por integrantes do poder legislativo e do poder judiciário, que ferem o estado democrático de direito insuflando o ódio, instala a prática terrorista, promove e fortalece a desigualdade, impõe barreiras regionais, forjam fatos que divide e fragiliza a classe trabalhadora.


 


A 4ª Plenária Estadual de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará, denominada Plenária Zé Pereira, diz NÃO ao retrocesso, REPUDIA a tentativa SUJA e DESONESTA do golpe orquestrado pela direita elitizada deste País, esta mesma plenária,  rejeita e condena a mídia GOLPISTA, FASCISTA E MANIPULADORA.


 


Seguindo o legado deixado pelos brasileiros e brasileiras revolucionários que desafiaram o golpe de 64 e foram às ruas, assim faremos, pois a rua continua sendo o palco das manifestações políticas, que primam pela democracia, pela liberdade, pelo direito. E nesse mesmo palco denunciamos sem medo, a farsa construída por um grupo POLÍTICO instalado nos poderes constituídos deste País.


 


Nós somos CONTRA O GOLPE JURÍDICO E MIDIÁTICO porque queremos manter e avançar nas políticas de educação;


 


Nós somos CONTRA O GOLPE porque queremos manter e avançar nas políticas de crédito;


 


Nós somos CONTRA O GOLPE porque queremos manter e avançar nas políticas sociais de saúde, habitação, seguridade alimentar, segurança pública, benefícios sociais e os direitos previdenciários e trabalhistas;


 


Nós somos CONTRA O GOLPE porque queremos continuar construindo cotidianamente um Brasil para todos os brasileiros e brasileiras.


 


O poder do povo manifestado através das lutas nas ruas enfraquece, intimida e desarticula os golpistas, por isto a 4ª Plenária Zé Pereira, declara que enquanto houver tentativa de golpe, nossa morada se faz nas ruas, unidos, vigilantes em defesa do estado democrático de direito.