Governo do Estado do Ceará lança programa Hora de Plantar com a presença da Fetraece

6



A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), por meio do presidente, Raimundo Martins, participou da solenidade de lançamento da 31ª edição do Programa Hora de Plantar, ocorrida na manhã desta quinta-feira, 18, em Morada Nova. O evento, que foi coordenado pelo governador Camilo Santana, contou também com a participação de centenas de agricultores/as, do vice-presidente licenciado da Fetraece e deputado estadual, Moisés Braz, além de diversas outras autoridades. Ao todo, serão investidos quase R$ 18 milhões. 


 


Serão beneficiados aproximadamente 150 mil trabalhadores/as em 182 municípios, ficando de fora apenas Fortaleza e Eusébio, que para o Governo não dispõem de zona rural. Na ocasião, também foram assinados os termos de adesão do Garantia-Safra 2017-2018.


 


“Tenho um carinho muito grande por esse programa Hora de Plantar. Quem criou foi meu pai, Eudoro Santana. Tive a honra de, 22 anos depois, ser secretário do Desenvolvimento Agrário e dobramos o alcance do programa. Estamos investindo em torno de R$ 18 milhões não só em sementes, mas mudas frutíferas para gerar fonte de renda. Outro programa, o Garantia Safra, antes tínhamos apenas 120 vagas. Hoje, são cerca de 350 mil, é o estado com maior número de vagas do Brasil. Graças a políticas públicas importantes como essas, damos oportunidade para que as pessoas possam superar dificuldades no período de seca. Essas foram conquistas de vocês, homens e mulheres do campo, que lutaram por isso”, disse o governador do Ceará.


 



 


O presidente da Fetraece, Raimundo Martins, comparou os investimentos na agricultura familiar a nível nacional e estadual. “É importante que a gente perceba que enquanto no Brasil nós vivemos uma desestruturação da agricultura familiar, que teve início com a extinção do MDA e hoje temos um dos menores orçamentos dos últimos 15 anos, aqui no Ceará com programas como o Hora de Plantar e o Garantia Safra temos investimento na ordem de mais de R$ 15 milhões. Isso sem dúvidas nenhuma é uma demonstração de compromisso com o desenvolvimento do campo”, pontuou.


 


Nesta edição do Hora de Plantar, serão entregues 3.030 toneladas de sementes, 6,5 milhões de raquetes de palma forrageira, 400 mil mudas de cajueiro anão precoce, 170 mil mudas de essências florestais nativas, exóticas e nativas e 5 mil m³ de maniva de mandioca. Um dos destaques de 2018 é a distribuição de mudas frutíferas (acerola, cajá, umbu cajá, goiaba e manga). O investimento é do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop).


 


As sementes já se encontram nos 11 armazéns regionais, para serem distribuídas aos escritórios locais da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Ceará (Ematerce). A entrega segue a probabilidade de chuvas e acontece em fevereiro na Ibiapaba, Sertão Central, Sertões de Canindé, Baixo Jaguaribe, Maciço de Baturité, Metropolitana e Norte. A distribuição foi concluída na semana passada na região do Cariri e, nesta semana, serão realizadas as entregas no Centro Sul e Sertões dos Inhamuns/Crateús.


 


“As chuvas começam a aparecer, é verdade que são poucas, mas nossa esperança e fé é que em 2018 venha um bom período chuvoso e que a gente possa ter uma boa produção. Com a entrega das sementes antes de iniciar de verdade as chuvas, nós agricultores podemos ficar preparados. As terras estão preparadas e as sementes no jeito, agora é só esperar a água molhar o solo”, afirmou o agricultor e presidente do Sindicato do município de Dep. Irapuan Pinheiro, Francisco Francalino.


 


Garantia-Safra


 


Durante a solenidade, foram assinados os 180 termos de adesão do Garantia-Safra 2017-2018 com prefeitos de todo Estado. Nesta edição, o Ceará ofertou 350 mil vagas para agricultores familiares, estando 227.051 agricultores inscritos no programa do Governo Federal. O seguro dispõe de R$ 850 para cada agricultor selecionado que tiver comprovada perda de safra igual ou superior a 50%.


 


 


Fonte: Assessoria de Comunicação da Fetraece e Governo do Estado


Fotos Naélio Santos e Elivardo