Fundada a Confederação Nacional dos Trabalhadores Assalariados e Assalariadas Rurais (Contar)

6


Olê, olê, olá, CONTAR, CONTAR, seguiremos em UNIDADE… Ao som de frases de ordem, com grande emoção e depois de vários momentos de reflexão e debate, foi fundada neste sábado (31) de outubro de 2015, em Brasília-DF, a Confederação Nacional dos Trabalhadores Assalariados e Assalariadas Rurais (CONTAR).


 


Ao todo foram 50 delegados e delegadas, que estiveram participando dos dois dias de debates intensos do I Congresso Nacional Extraordinário dos Trabalhadores Assalariados e Assalariadas Rurais, que contou com vários momentos de análise da conjuntura política, sobretudo, no que se refere os principais desafios para um assalariamento rural com dignidade. Entre os debatedores, estavam: o diretor adjunto da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Stanly Gacek; o presidente da CONTAG de 1993 até 1998, Francisco Urbano; o presidente da CTB, Adilson Araújo; a vice-presidenta da CUT, Carmen Foro; o secretário Regional da América Latina da UITA, Gerardo Iglesias; o diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Clemente Ganz Lúcio; além de toda diretoria da CONTAG, entre outros nomes. 


 


“Queria em nome da direção da CONTAG, trazer o nosso abraço, o nosso reconhecimento pelo extraordinário Congresso da CONTAR realizado nesses dois dias. Registrar o trabalho de base dos delegados assalariados e assalariadas aqui presentes, que são os e as principais protagonistas desde momento histórico. O trabalho extraordinário dos cinco companheiros da comissão pró-organizadora do Congresso CONTAR. Enaltecer o compromisso de toda diretoria da CONTAG, das nossas 27 Federações e sindicatos filiados, que por cerca de dois anos se dispuseram a debater todo o processo de dissociação. Reconhecer o trabalho do secretário de Assalariados e Assalariadas Rurais da CONTAG, Elias D´Ângelo Borges, do secretário de Formação e Organização da CONTAG, Juraci Souto e da nossa assessoria jurídica pelo empenho incansável com todo o processo que tivemos que passar para chegar até o Congresso da CONTAR. Este é um momento histórico, onde a partir de agora todos os assalariados e assalariadas rurais do Brasil passarão oficialmente a ser representados pela CONTAR. Assim, agradecemos pelos 52 anos que passamos juntos e juntas, assalariadas e assalariados, agricultores e agricultoras familiares do Brasil. Queremos afirmar o compromisso de seguirmos unidos e unidas. Lutando juntos e juntas, pela Reforma Agrária, contra o latifúndio,  a favor do nosso Projeto com Soberania e Segurança Alimentar. Saberemos trilhar essa luta em unidade”, destacou em tom firme o presidente da CONTAG, Alberto Ercílio Broch.


 


Unidade também abraçada pelo presidente da Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo (Feraesp), Elio Neves. “O nosso desejo de uma feliz empreitada para todos vocês, contem conosco na luta pela organização sindical dos assalariados rurais do Brasil, sem dividir. Sempre propusemos e reconhecemos a história da CONTAG, como patrimônio da classe camponesa desse país. Com essas palavras eu agradeço e contem conosco”, destacou Elio.   


       


Depois de aprovarem vários pontos propostos no Estatuto, os delegados e delegadas, elegeram a primeira diretoria da CONTAR, composta por assalariados e assalariadas rurais dos estados do Mato Grosso do Sul, Pará, Goiás, Rio de Janeiro e Pernambuco.


 


Presidente – Antônio Lucas Filho (GO)


Vice-presidente, Formação e Organização Sindical – Raimundo Ferreira Lima (PA)


Sec. Finanças e Administração – Divina Rosa da Cruz – (MS)


Sec. Geral e Assuntos Jurídicos – Everaldo Nazário Barreto (PE)


Sec. De Gênero e Geração – Fabiana Minian (RJ)


 


Conselho Fiscal – Gilvan José Antunes (PE)


                               Alexandre de Lima Menezes (PA)


                               Jacir Pareira da Silva (RJ)    


 


“Eu quero viver uns 130 anos, para acompanhar o crescimento da  nossa CONTAR… Nós sabemos que todo mundo é importante nesse processo que culmina com eleição dessa nova diretoria da CONTAR, mas em especial agradeço os delegados e delegadas, assalariados e assalariadas desse país. Aqui quero lembrar dois nomes. Um deles, é o de Margarida Alves, pois eu nunca esqueci da luta dela  pelos direitos dos assalariados rurais. Outro,  é o de Manoel de Serra, como um presidente da CONTAG que sempre falou pra mim que um dia isso seria possível se a gente continuasse na luta. Tudo que aprendi vem dessa luta, das greves, dos vários enfrentamentos que fizemos.  Assim, vamos  daqui pra frente em cada estado, convidar outros companheiros e companheiras para integrar a nossa CONTAR. Convidando cada um e uma para somarem na nossa luta”, destacou emocionado o presidente da Confederação dos Assalariados e Assalariadas Rurais, Antônio Lucas Silva.   


 


Vale destacar que mais 13 Federações de Assalariados e Assalariadas Rurais já estão fechando o processo de dissociação e devem em pouco tempo integrar também o Sistema CONTAR.


 


 


 


FONTE: Assessoria de Comunicação CONTAG – Barack Fernandes