Formar, politizar, transformar e mobilizar: rumo à Marcha das Margaridas 2019

7


 


 


Mesmo sendo responsáveis por mais da metade da produção de alimentos do mundo, pela preservação do meio ambiente, garantia da soberania e a segurança alimentar, as mulheres são as que mais vivem em situação de desigualdade social, política e econômica. De acordo com dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) apenas 30% são donas formais de suas terras, 10% conseguem ter acesso a créditos e 5%, a assistência técnica. São elas que cumprem a jornada de trabalho doméstico, estão dentro de suas casas, cuidando dos filhos e dos afazeres domésticos. 


 


Para debater e refletir sobre este e outros desafios impostos às mulheres do campo, a CONTAG realizou o 3º Curso Nacional de Formação Político Sindical de Mulheres do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR). 


 


Caminhar que formou e transformou na noite desta quinta-feira (14), em Brasília/DF, mais de 80 mulheres das 27 federações que integram o Sistema CONTAG como sujeitos de força política no Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e na sociedade. 


 


AO VIVO: Assista a cerimônia de formatura AQUI


 


Até a formatura, elas percorreram três módulos nos meses de julho e dezembro de 2018 e, fevereiro de 2019, com foco nos temas: patriarcado, feminismo, Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS), paridade, organização das mulheres dentro do Movimento Sindical, entre outros que marcam o percurso rumo à Marcha das Margaridas 2019. 


 


“Saímos fortalecidas para enfrentar os desafios do atual cenário político e de sociedade que atravessa o Brasil. Voltemos à base empoderadas e com mais coragem para continuar nossa luta por uma sociedade mais justa, democrática, igualitária, sem violência e que garanta os direitos da classe trabalhadora, sobretudo das mulheres rurais. A Marcha das Margaridas é este caminho de resistência em 2019 ”, destacou a secretária de Mulheres da CONTAG Mazé Morais, durante a cerimônia de formatura.


 


“A história da organização das mulheres rurais no Brasil está avançando. As mulheres rurais estão debatendo as questões internas em relação à participação delas no Sistema CONTAG e no enfrentamento aos governos neoliberais que criminalizam e tornam as mulheres invisíveis. Elas estão ocupando seus espaços, desenvolvendo estratégias de empoderamento e de emancipação.”, frisou o secretário de Formação e Organizção Sindical da CONTAG Carlos Augusto Silva (Guto).


 


Com o tema: “Margaridas na Luta por um Brasil com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre de violência”, a Marcha das Margaridas acontecerá nos dias 13 e14 de agosto de 2019, em Brasília/DF.


 


Saiba mais sobre a Marcha das Margaridas 2019 AQUI


 


“Nós que vêm sempre suando, este país alimentando, tamos aqui para relembrar: este País tem que mudar”. (trecho música oficial – Marcha das Margaridas)


 


#RUMOAMARCHADASMARGARIDAS2019  


FONTE: Comunicação CONTAG- Barack Fernandes