Fetraece realiza inauguração de casas do PNHR em Pedra Branca e Cealtru entrega 1.615 cisternas

9


A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) inaugurou nesta sexta-feira, 24, no município de Pedra Branca, 17 casas construídas pela entidade por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). As famílias beneficiadas agora viram o sonho de ter casa própria se transformar em realidade. Na solenidade, o Centro de Estudos e Assistência as Lutas dos/as Trabalhadores/as Rurais (Cealtru), organização parceira da Federação, realizou a entrega oficial de 1.615 cisternas de placas.


O evento foi realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Pedra Branca e contou com diversas autoridades, entre elas, o presidente da Fetraece, Luiz Carlos Ribeiro Lima; o deputado federal e líder do Governo na Câmara, José Guimarães; do deputado estadual, Moisés Braz; o prefeito de Pedra Branca, Pedro Vieira Filho; do presidente estadual do Partido do Trabalhadores (PT), De Assis Diniz; do pesidente do Cealtru, Raimundo Martins; da coordenadora da ASA Brasil no Ceará, Cristina Nascimento; do gerente local do Banco do Brasil, Dr. Cleber e; do presidente do Sindicato de Pedra Branca, Gesse Rodrigues.


Foram investidos R$ 535.500,00 na construção das 17 casas, o que corresponde R$ 31.500,00 por imóvel. Do valor total por residência, R$ 28.500,00 veio de recurso do Governo Federal e R$ 3.000,00 do Governo do Estado do Ceará. O projeto teve como agente financiador do repasse o Banco do Brasil.


As casas construídas pela Fetraece e que é a concretização do sonho das famílias, é dividida em uma área externa, uma sala com copa, dois quartos, um banheiro e uma cozinha. Toda a residência conta com cerâmica.


 


Cisternas


As 1.615 cisternas de placas feitas pelo Cealtru em projeto desenvolvido em parceria da ASA Brasil, conta com a capacidade de acumular 16 mil litros de água (cada uma) para o consumo humano. Foram instaladas nas casas calhas que possibilitam a condução da água da chuva para as cisternas. As tecnologias sociais como são chamadas as cisternas de placas, fazem parte do Programa Um Milhão de Cisternas do Governo Federal (P1MC).


 


 


Assessoria de Comunicação da Fetraece – Jornalista Janes P. Souza


Foto: Fulvio Braga