Feira Cearense da Agricultura Familiar é um sucesso e movimenta mais de R$1,1 milhão

7



 


Os organizadores da 8ª edição da Feira Cearense da Agricultura Familiar (Feceaf) divulgaram na tarde desta segunda-feira (6) o balanço dos três dias de evento, que aconteceu nos últimos 3, 4 e 5 de julho, no Parque de Exposição Governador César Cals. O resultado foi R$1,1 milhão movimentados entre feirantes cadastrados, casa de farinha, engenho, exposição e venda de maquinários agrícolas voltadas para a agricultura familiar entre outros.


 


Organizada pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) e a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA), a VIII Feceaf foi um sucesso de público e de geração de emprego e renda, superando a expectativa dos organizadores que era de aproximadamente R$800 mil, ou seja, quase 40% a mais do que o esperado.


 


“Foi a maior de todas as edições da Feceaf. Com a sensibilidade do governador Camilo Santana para a importância da agricultura familiar, tivemos um grande apoio do Estado, o que foi fundamental para o sucesso do evento. O número de visitantes foi superior ao que esperávamos, assim como o montante de mais de um milhão e 100 mil que foi movimentado. Foi um sucesso total! Mostramos que mesmo com quatro anos de seca, os agricultores produzem muito. Não é a toa que o IBGE aponta que mais de 70% dos alimentos que chegam a mesa dos brasileiros tem origem na agricultura familiar”, destaca José Francisco de Almeida Carneiro, secretário de Políticas Agrícola da Fetraece.


 


Trabalho e renda


Durante a Feceaf foi contabilizado um público de cerca de 20 mil pessoas, superando o esperado que era de 15 mil. Destaque para o sábado (04), onde aproximadamente 10 mil passaram entre 08 e 22:30h. Para montar toda a estrutura, mobilizar os participantes e garantir a realização do evento, ocorreu geração de 600 empregos diretos e outros 1200 indiretos.



Para o secretário de Desenvolvimento Agrário Dedé Teixeira, a feira em 2015 foi um marco pata o setor. “Além do grande envolvimento e parceria das entidades e sindicatos, o público aderiu a este grande movimento econômico que se chama agricultura familiar, responsável por produtos de qualidade e que com o novo Plano Safra passará para um patamar maior ainda de crescimento, desenvolvimento e resultados econômicos. O País do campo está cada vez mais engajado no crescimento do Brasil e a agricultura familiar é uma importante ferramenta para esse novo momento”, disse Dedé Teixeira.


 


A Feceaf contou com 300 agricultores e agricultoras de todas as regiões do Ceará, que expuseram e venderam produtos da agricultura familiar, 120 que vieram participar de capacitações, além de casa de farinha, engenho, apresentações culturais, exposição e venda de animais e outra atividades.


 


A Feira Cearense da Agricultura Familiar teve o patrocínio do Instituto Agropolos do Ceará e apoio de entidades como Ematerce, Idace, Adagri, Ceasa, os 183 sindicatos municipais filiados a Fetraece, Contag, CUT, Cooperbio e Cealtru.


 


 


Assessoria de Comunicação


 


Jornalista Janes P. Souza – Fetraece


janespsouza@fetraece.org.br


(85) 98721.0150


 


Jornalista Aécio Santiago – SDA


aeciofsantiago@gmail.com


8723.1539 / 9906.2147


https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif