CONTAG trabalha para atualizar o Programa Jovem Saber e ampliar a criação de grupos em todo o País

6


A CONTAG sempre investiu em formação sindical e cidadã para os trabalhadores e trabalhadoras rurais. E um dos seus processos formativos é direcionado exclusivamente para a juventude rural, que é o Programa Jovem Saber, que foi criado há 13 anos.


 


O Jovem Saber utiliza o método de educação à distância, via internet, e com o uso de cartilhas impressas, organizado a partir de grupos de estudo, dividido em oito módulos que tratam de temas que dialogam com o Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS). Ao longo dos anos, o Jovem Saber atingiu mais de 30 mil jovens, em mais de 4.300 grupos, e pode-se notar que o programa tem contribuído para o fortalecimento político da organização juvenil no movimento sindical e tem proporcionado o reconhecimento por parte da juventude sobre a importância da sindicalização.


 


No ano passado, a Secretaria Nacional de Jovens da CONTAG realizou três Salões Regionais do Jovem Saber, reunindo jovens das cinco regiões do País, para avaliar a eficácia e debater a necessidade de atualização do programa, adequando às novas tecnologias e temáticas de interesse da Juventude Rural.


 


Um dos objetivos da Secretaria de Jovens da CONTAG e da Comissão Nacional de Jovens Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (CNJTTR) a partir dessa atualização é aumentar o interesse da juventude rural pelo programa e que os grupos formados concluam todos os módulos. “O programa Jovem Saber é fundamental para proporcionar formação profissional em gestão da agricultura familiar e o conhecimento sobre as políticas públicas e sindicais defendidas pelo movimento sindical, além de motivar muitos e muitas jovens a se associarem aos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais”, destaca a secretária de Jovens da CONTAG, Mônica Bufon Augusto.


 


Durante os Salões do Jovem Saber saíram indicativos para a atualização do programa, como a manutenção de oito módulos de estudo, com ordem fixa; a realização de Seminário de Conclusão de Curso, com liberdade para escolher o tema entre os que foram estudados durante o programa; e terá prazo de até 10 meses para término do curso.


 


A ordem dos módulos também foi alterada:


1º Módulo – Desenvolvimento Sustentável com Sucessão Rural


2º Módulo – Organização e Gestão Sindical


3º Módulo – Reforma Agrária e Agricultura Familiar


4º Módulo – Organização da Produção e Meio Ambiente


5º Módulo – Educação do Campo


6º Módulo – Associativismo e Cooperativismo


7º Módulo – Direitos Trabalhistas, Sociais e Humanos 


8º Módulo – Saúde, Direitos Sexuais e Reprodutivos.


 


Quanto ao cronograma, o prazo para a finalização da atualização das cartilhas é agosto de 2018. A CONTAG trabalha com a possibilidade de realizar o Encontro Nacional do Jovem Saber ainda esse ano para fazer o lançamento das cartilhas reformuladas e atualizadas e apresentação de experiências estaduais.


 


Apesar de estar em um processo de atualização, não é preciso esperar para criar o seu grupo ou continuar o estudo já iniciado. Em janeiro desse ano, o STTR de Ouro Branco conseguiu criar um grupo com nove jovens, sendo 3 rapazes e 6 moças. Já foram realizadas três reuniões e a próxima será no domingo, dia 4 de fevereiro. “Já estamos terminando o primeiro módulo e o nosso objetivo é transformar esse grupo também em um Grupo de Estudos Sindicais (GES)”, explica a secretária de Jovens do STTR de Ouro Branco, Cláudia Maria Barbosa, que também integra o grupo do Jovem Saber.


 


Para a Cláudia, a experiência está superando as expectativas. “No começo, achava que as rodas de conversas não iriam fluir. Mas, pelo contrário, está sendo muito rico e surpreendente. Estamos até planejando uma conversa virtual com a secretária nacional de Jovens da CONTAG”, avalia a dirigente do sindicato.


 


 


Como participar do Programa


Quem ainda não conhece o Jovem Saber pode se inscrever facilmente. O curso desenvolve-se a partir de grupos de estudo, que devem ter de 5 a 10 jovens com idade entre 16 e 32 anos. A partir dessa inscrição o grupo pode acessar os conteúdos. Para saber mais sobre os materiais e outras informações importantes, basta acessar http://www.contag.org.br/sistemas/jovemsaber/.


 


 


FONTE: Assessoria de Comunicação da CONTAG – Verônica Tozzi