Caminhos para fortalecer a Comunicação e as Bandeiras de luta do Sistema CONTAG

5


Com os objetivos de discutir o papel da Comunicação Sindical na disputa de narrativa com os grandes meios de Comunicação do Brasil; revisitar a Política de Comunicação da CONTAG; e criar a Rede dos Comunicadores e Comunicadoras Populares; acontece de 15 a 17 de maio, no Centro de Estudo Sindical Rural CESIR/CONTAG, em Brasília-DF, o CURSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO POPULAR EM TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO.


 


PROGRAMAÇÃO


Na programação dos três dias, os(as) cerca de 81 participantes, entre dirigentes sindicais, Assessorias de Comunicação das Federações e educadores(as) populares da Rede ENFOC, terão a oportunidade de acompanhar: 


 


    Terça-feira (15)-  Após a abertura política com a Direção da CONTAG,  segue o Painel: Papel da Comunicação Sindical na disputa política do Brasil, com as jornalistas: Ana Magalhães da Repórter Brasil; Bia Barbosa da Intervozes e a coordenação de mesa do presidente da CONTAG Aristides Santos.


 


A tarde tem início a revisita da Política de Comunicação do sistema CONTAG, com o Painel: Comunicação Sindical, que será apresentado por Altamiro Borges – presidente do Centro de Estudos da Mídia Alternativa “Barão de Itararé”.


 


     Quarta-feira (16)-  Prosa coletiva sobre os caminhos para fortalecer e avançar a Política de Comunicação do Sistema CONTAG, também com Altamiro Borges e os jornalistas do setor de Comunicação da CONTAG Barack Fernandes e Verônica Tozzi.


 


     Quinta-feira (17)- Conversa sobre a Comunicação Popular em Rede, com Tatiana Lima do Núcleo Piratininga de Comunicação. A tarde do último dia terá apresentação da experiência da Rede de Educadores(as) Populares da ENFOC.


 


Ao final do Curso/Coletivo, está proposta a criação de uma Rede de Comunicadores e Comunicadoras Populares do sistema CONTAG. 


 


“Todos os caminhos que estamos seguindo no nosso CURSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO POPULAR EM TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ou Coletivo de Comunicação da CONTAG foram apontados pelo 12º Congresso da nossa organização. Assim, acreditamos que será uma boa reflexão no debate sobre o papel da Comunicação Sindical, na perspectiva de fortalecer as nossas relações internas e  externas  implementarmos nossas bandeiras de luta”, ressalta o presidente da CONTAG Aristides Santos.  


 


Aristides, ainda destaca que nesse caminho de fortalecimento da Política de Comunicação, a CONTAG passou a integrar a Executiva do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) e também a Diretoria do Centro de Estudos da Mídia Alternativa “Barão de Itararé”.  


 


A expectativa da CONTAG é que após o Curso Nacional as discussões continuem em um itinerário que contemplará as 5 regiões do Brasil (NORDESTE, NORTE, CENTRO-OESTE, SUL e SUDESTE).  


 


FONTE: Comunicação CONTAG- Barack Fernandes