8º CETTR – Agricultores/as aprovam MOÇÃO DE REPÚDIO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

4



 


 


MOÇÃO DE REPÚDIO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA


 


 


Os trabalhadores e trabalhadoras rurais agricultores e agricultoras familiares do Estado do Ceará, repudiam com firmeza as propostas neoliberais de mudanças na Previdência Social, que ataca profundamente a seguridade social em especial a categoria trabalhadora rural agricultores e agricultoras familiares.


 


A Reforma proposta promove o desmonte previdenciário, em especial dos regimes de Previdências Públicas (Regime Geral da Previdência Social e Regimes Próprios de Previdência Social) e os Segurados Especiais, passando a não garantir condições de aposentadoria para a maioria da classe trabalhadora.


 


Apoiada em uma tese antipopular, a proposta de Reforma da Previdência estabelece mudanças profundas em itens como a idade mínima para aposentadoria, prejudicando especialmente as mulheres. A proposta também estabelece a elevação do período mínimo de contribuição e modifica a forma de cálculo de todas as aposentadorias.


 


Ao igualar a idade de homens e mulheres para obter o benefício, o governo brasileiro ignora os direitos das mulheres conquistados nas ultimas décadas.


 


Não queremos um país de pobres e excluidos! Queremos vida digna para o/a trabalhador/a em atividade e para o/a aposentado/a. Por tudo isso, exigimos a retirada imediata de qualquer pauta do Congresso Nacional que modifique a seguridade social retirando direitos da classe trabalhadora.


 


Portanto, a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (FETRAECE) em seu 8º Congresso convoca os trabalhadores/as cearenses, em especial a categoria trabalhadora rural agricultores e agricultoras familiares, a se unirem contra toda e qualquer mudança na Previdência Social que retirem direitos conquistados e estabelecidos na Constituição Federal de 1988.


 


 


Por uma Previdência Pública!


Contra a retirada de Direitos!