21º GTB – Fetraece realizará manifestação em Fortaleza com mais de cinco mil agricultores/as familiares

9


“Desenvolvimento Rural Sustentável com garantia de Direitos e Soberania Alimentar”, com esse tema principal será realizado neste mês de maio o 21º Grito da Terra Brasil, com atos públicos entre os dias 18 e 22 de maio em todo o Brasil, organizados pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e Federações. No Ceará, a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) tem como meta realizar em Fortaleza, o Grito da Terra Brasil Estadual, no dia 20 de maio, com mais de cinco mil homens e mulheres do campo, superando a marca do ano de 2014, que foi de cinco mil.


 


“O ponto alto do 21º Grito da Terra Brasil aqui no Ceará será no dia 20, quando vamos realizar uma grande manifestação com agricultores e agricultoras de todo o estado, que estão sendo mobilizados através da Fetraece, suas oito regionais e os 183 sindicatos filiados. Mas até lá vamos desenvolver diversas ações na busca por políticas públicas e melhor qualidade de vida para os homens e mulheres do campo, para isso, estamos realizando audiências com diversos órgãos. A última delas será no dia 20 com o governador Camilo Santana”, afirma o presidente da Fetraece, Luiz Carlos Lima.


 


Os agricultores e agricultoras cearenses se unem em um grito de acesso a terra, ao crédito rural, água, renda, segurança pública, saúde, educação, políticas públicas de enfrentamento aos efeitos da seca e de convivência com o semiárido, reforma política e para dizer não ao projeto de lei da Terceirização (PL 4330).


 


Na terça-feira (12) a Fetraece participou de audiência com o Banco do Brasil (BB); no dia 14 será com o Gabinete do Governo do Estado do Ceará e Secretarias; dia 18 terá encontro com Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Caixa Econômica Federal (CEF) e Secretaria de Educação do Ceará (Seduc); dia 19 com o Banco do Nordeste do Brasil; e no dia 20 com o governador Camilo Santana. No mesmo dia 20, será compartilhado com os agricultores e agricultoras os resultados das audiências.


 


A nível federal, a Confederação Nacional dos Trabalhadores (Contag) lidera uma comissão formada junto com as federações filiadas que negocia pontos da pauta com o Governo Federal.


 


 


Assessoria de Comunicação da Fetraece – Jornalista Janes P. Souza