2015 – Luta incansável em defesa dos direitos das mulheres

6


A Secretaria de Mulheres Trabalhadoras Rurais da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) no ano de 2015 continuou sua missão de promover a organização, mobilização, formação e a inserção das mulheres nas instâncias do Movimento Sindical e na sociedade, buscando despertar para luta inúmeras mulheres que se reúnem, mobilizam, planejam e discutem a realidade, suas necessidade e anseios no cotidiano da vida no campo e na cidade e principalmente na Agricultura Familiar.


Vários temas foram discutidos nessa trajetória, tais como: as relações de gênero; soberania alimentar, terra, água e agroecologia, sociobiodiversidade, autonomia econômica, trabalho e renda, educação não sexista, educação sexual e sexualidade, direitos a saúde e direitos reprodutivos, violência sexista, democracia e poder e participação das mulheres através de diversas metodologias e atividades.


A principal atividade realizada foi a Marcha das Margaridas na luta por desenvolvimento sustentável, centrado na vida humana e no respeito ao meio ambiente, à diversidade racial, étnica geracional e cultural. Ação ocorrida em agosto na cidade de Brasília e que reuniu milhares de mulheres de todo Brasil. Também tiveram diversas outras atividades, tais como:


– Produção de material para o março lilás (janeiro);


-Participação de encontros municipais de mulheres para discussão de temas ligados ao caderno de texto da 5ª Marcha das Margaridas (janeiro a julho);


– Reunião de apresentação da Marcha das Margaridas para mulheres Parlamentares e vice governadora do Estado do Ceará (março);


-Participação em Lançamentos Municipais em vários municípios do Estado do Ceará;


– Atos públicos de negociação das pautas municipais (abril);


– Chá das Margaridas com a presença das instituições parceiras (maio);


-Jornada Temática das Margaridas do Nordeste por Políticas Públicas e Reconhecimento Social (maio);


– Audiência Pública na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará- ALEC (maio);


-Audiência com o Governo Estadual com pauta das Mulheres (abril);


-Audiência de divulgação da Marcha das Margaridas nas Câmaras Municipais (maio);


– Seminário com mulheres cutistas do Estado do Ceará (maio);


– Realização de 07 Seminários Regionais da 5ª Marcha, construindo a pauta e formação sobre os eixos orientadores (maio a julho);


– Seminário estadual de Consolidação da pauta da 5ª Marcha das Margaridas (junho);


– Participação nos programas de rádios AM e FMs do Estado do Ceará (janeiro a agosto);


-Participação em eventos culturais nos municípios com o objetivo de arrecadar recursos para a Marcha das Margaridas. (arraia, forró, reisado, leilões…);


– Produção de material de divulgação (março a julho);


– Participação de 1.500 mulheres na 5ª Marcha das Margaridas em Brasília (agosto);


– Participação da Avaliação Nacional da Marcha das Margaridas (setembro);


-Participação do encontro municipal de Mulheres do Sindicato de Tamboril (novembro);


-Fizemos parte da COE – Comissão Estadual de Organização da 4ª Conferencia Estadual de Politicas para as Mulheres ( Outubro a dezembro);


– Participação nas reuniões mensais como membro integrante do Conselho estadual dos Direitos das Mulheres;


– Participação nas reuniões como membro integrante do Conselho Estadual de Erradicação ao Trabalho Escravo – COETRAE;


– Participação nas reuniões do Conselho Estadual de Saúde – CESAU como conselheira;


– Participação como delegada na 4ª Conferencia Estadual de Saúde (novembro);


-Participação na avaliação nacional do FIDA (outubro);


– Estivemos presentes com uma delegação de 30 mulheres na 4ª Conferencia Estadual de Políticas para as Mulheres onde saímos com 10 delegadas representando as rurais para a conferência nacional a ser realizada em março de 2016 (dezembro);


-Mobilização e participação na realização de atendimento das Unidades Móveis de enfrentamento a violência contra as mulheres do campo e da floresta na região do Cariri (novembro e dezembro);


– Participação na Plenária Nacional da CONTAG e várias reuniões da CNMTR;


 


 


Secretaria de Mulheres da Fetraece